O Que Os Camelos Comem


O que os camelos comem.

Você já se perguntou como os camelos se alimentam no deserto? Camelos são animais que possuem muitos mitos populares. Por exemplo, dizem que eles sobrevivem por semanas sem água ou comida, mas isso é verdade?

Camelos são mamíferos pertencentes à família dos camelídeos, assim como os dromedários. Eles vêm das regiões desérticas da Ásia e do norte da África.

Eles são mamíferos herbívoros cuja dieta é baseada exclusivamente em galhos secos e espinhosos, que geralmente são encontradas em áreas desérticas e pastagens. Sua boca grande e lábios fortes permitem que eles comam com facilidade e sem ferir-se em plantas espinhosas.

Características Alimentares

O camelo é um ruminante. Ele pode ficar dias sem comer. Um camelo pode beber 100 litros de água em dez minutos. Mas ele também pode ficar sem beber por dezessete dias.

Uma vez que o habitat natural dos camelos é encontrado em grandes áreas desérticas, onde pode haver longos períodos de escassez e seca, eles têm a extraordinária capacidade de sobreviver em ambientes secos e sem água por longos períodos de tempo. Eles podem passar até duas semanas sem comer alimentos ou beber líquidos, graças às reservas que armazenam em suas duas corcovas.

Seu sistema digestivo tem três câmaras de estômagos, que lhes permitem aproveitar ao máximo a comida que comem, digerindo o alimento consumido várias vezes. Após esse processo, eles transformam os alimentos em gorduras e os mantêm em suas duas saliências, que têm uma capacidade de armazenamento de aproximadamente 36 quilos.

Caso não encontrem comida ou água, os camelos podem percorrer longas distâncias em busca de outras áreas para estocar alimento em suas duas corcovas.

Graças à reserva de energia que acumulam cada vez que comem, durante períodos de escassez ou quando é difícil para eles terem acesso à comida, os camelos recorrem à reserva que acumularam em suas corcovas e se alimentam da gordura, satisfazendo suas necessidades alimentares básicas e essenciais, para que não se tornem desidratados e não passem fome. Uma vez vazios, as corcundas caem para o lado e não se reformam até que o camelo consuma comida novamente e comece a acumular gordura.

No nível da água, os camelos também são capazes de mitigar os problemas da seca. Eles podem absorver o máximo de umidade possível dos alimentos que consomem, especialmente das plantas.

Hábitos Alimentares

Embora a crença popular diga que a corcova de camelos está cheia de água e, portanto, dias podem passar sem beber, a verdade é que a corcova dos camelos não está cheia de água, mas de gordura.

Algo que caracteriza os camelos são seus imensos lábios. Estes largos lábios de couro permitem que eles lidem com os espinhos de quase todas as plantas do deserto, para que possam comer quase qualquer coisa, por mais dura ou seca que seja. Obviamente, as plantas são escassas no deserto, e é por isso que os camelos estão especialmente preparados para superar a escassez e aproveitar ao máximo o que encontram.

Animais como o camelo, são acostumados a se alimentar de praticamente qualquer coisa. Camelos vagam pelo deserto em busca de pasto , comendo qualquer tipo de planta, cactos, plantas secas ou espinhosas, raízes e etc. Esses camelos ao longo do tempo alcançaram uma alta tolerância às plantas com alto teor de sal, para que possam se alimentar de plantas que outros animais rejeitariam.

O camelo é um animal que vive relativamente tempo suficiente porque sua expectativa de vida é entre 60 e 70 anos.

Normalmente, os camelos domésticos são geralmente alimentados com folhas e plantas de todos os tipos, e também com aveia, trigo e milho.

Como podemos perceber, é em suas corcundas que os camelos armazenam reservas de comida e água. Isso lhes permite resistir semanas sem beber e até dez dias sem alimentar-se. A verdade é que eles lidam muito bem com o deserto, porque podem até transportar mercadorias e pessoas durante esse tempo em sua longa jornada através de áreas desérticas, em dias quentes e noites geladas.

O segredo da sobrevivência de camelos e dromedários no deserto por tantos dias e sem beber água pode ser o fato de seus corpos eliminarem muito pouca água e, de fato, esses animais urinarem muito pouco e quase nunca suarem. Dessa forma, economizam líquidos para não ficarem desidratados.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on TumblrEmail this to someonePrint this page


Tópicos relacionados: