O Que Os Camaleões Comem


O que os camaleões comem.

Os camaleões são répteis que comem insetos principalmente. Dependendo da espécie de camaleão, a dieta pode variar um pouco e conter frutas, plantas e até mesmo roedores.

Neste artigo falaremos não apenas sobre os hábitos alimentares dos camaleões livres na natureza ou de estimação, mas também sobre seus principais predadores e informações de como alimentá-los.

Descubra quais são os principais alimentos necessários para que os camaleões recebam todos os nutrientes de que necessitam para uma dieta mais saudável e equilibrada.

Como os camaleões se alimentam

Os camaleões têm olhos característicos porque as pálpebras superiores e inferiores são unidas, com apenas um orifício grande o suficiente para a pupila conseguir enxergar. Cada olho do camaleão pode girar e focar de forma independente, permitindo observar dois objetos diferentes simultaneamente. Isso lhes dá um arco de visão de 360 graus ao redor de seus corpos. A sua fonte de alimento ou presa é localizada usando percepção de profundidade monocular.

Todos os camaleões são principalmente insetívoros que se alimentam projetando suas longas línguas de suas bocas para capturar presas localizadas a alguma distância.  O aparelho de língua camaleônica consiste de ossos hióide altamente modificados, músculos da língua e elementos colágenos. O osso hióide tem uma projeção alongada e paralela sobre a qual fica um músculo tubular que serve para potencializar a projeção da língua.

Camaleões de espécies menores são capazes de projetar suas línguas a distâncias maiores que os camaleões de espécies maiores.

Os camaleões se alimentam sozinhos e são geralmente agressivos contra outros membros de sua mesma espécie. Esse hábito solitário só é deixado no momento do acasalamento. Camaleões podem morder quando acuados, mas a mordida não é muito dolorosa e para não correr nenhum risco, é suficiente desinfetar a área como qualquer outra ferida ou arranhão. Os camaleões não têm órgão auditivo externo nem ouvido médio. No entanto, eles não são surdos porque eles podem detectar movimentos através de alguns tipos de vibrações.

Alimentos e caça

Todos os camaleões são animais diurnos. Seu período de maior atividade é a manhã e o crepúsculo. Os camaleões não são caçadores ativos. Em vez disso, eles preferem esperar até que uma presa apareça. Eles se alimentam basicamente de artrópodes como, por exemplo, besouros e escorpiões e pequenos vertebrados. Em cativeiro, eles também comem frutas como banana e mamão e até pequenos roedores.

Essa dieta só é válida para animais adultos porque os filhotes são quase exclusivamente insetívoros. Os camaleões observam suas presas e permanecem em silêncio até que uma chegue ao alcance da língua. Apenas um camaleão faminto deixa essa estratégia e procura ativamente por comida. Camaleões são geralmente carnívoros. No entanto, foi descrito que algumas espécies maiores também comem alimentos à base de plantas.

As espécies pequenas comem quase exclusivamente insetos e são insetívoros. Especialmente quando são jovens, os camaleões precisam crescer e comem grandes quantidades de insetos. A maioria das espécies comem tudo o que se movo e pareça comestível. Até mesmo os seus próprios descendentes não estão seguros durante a sua alimentação. Os camaleões são animais canibais e as fêmeas podem comer seus filhotes assim que eles nascem. Os camaleões podem lidar com presas relativamente grandes e, mesmo que os vertebrados não sejam uma parte importante do cardápio, algumas espécies maiores já foram vistas comendo pássaros.

Como alimentar um camaleão de estimação

Os camaleões são principalmente insetívoros, o que significa que eles comem vários insetos. Alguns camaleões maiores também se alimentam de pequenos répteis e mamíferos e outras espécies, como o camaleão velado, comem até mesmo matéria vegetal.

Você deve fornecer comida ao seu animal de estimação diariamente, mesmo que ele não o coma. Camaleões e outros répteis frequentemente passam por períodos em que não comem ou comem muito pouco. Isso geralmente ocorre devido a mudanças no habitat, clima e na estação. Se seu animal de estimação parece saudável e está agindo normalmente, geralmente não há nada para se preocupar.

Abaixo estão os alimentos e suplementos necessários para uma dieta equilibrada do camaleão de estimação. Ao fornecer uma dieta bem equilibrada, você ajuda a garantir que seu réptil tenha uma vida longa e saudável.

Insetos

Vários insetos serão o principal alimento de um camaleão. Grilos, larvas de farinha e vários outros insetos estão prontamente disponíveis em lojas de animais de estimação e são relativamente baratos. Tire suas dúvidas a respeito de como alimentar um camaleão com o vendedor. Ele terá informações mais detalhadas e poderá ajudá-lo.

Você pode dar ao seu camaleão uma dieta variada com base nos seguintes alimentos:

  • Grilos;
  • Cigarras;
  • Vermes;
  • Baratas;
  • Minhocas;
  • Lagartas;
  • Bichos-da-seda;
  • Moscas;
  • Besouros;
  • Joaninhas;
  • Mariposas;
  • Gafanhotos;

Ratos

Os ratos podem ser adicionados a uma dieta de camaleão adulto. Ratinhos recém-nascidos que não têm pelo e são rosa na aparência, são uma boa fonte de vitaminas e nutrientes.

Rato pequenos só devem servir de alimento para o seu animal de estimação, ocasionalmente, uma vez que são ricos em gordura. Um rato uma ou duas vezes por mês pode ser um agrado ocasional para o seu camaleão.

Sempre tente usar ratos já congelados como uma maneira humana de alimentar seu réptil. Os ratos congelados são alimentadores baratos, podem ser armazenados por um longo período de tempo e podem ser rapidamente descongelados com água morna. Certifique-se de que esteja completamente descongelado e à temperatura ambiente antes do camaleão comê-lo

Plantas, legumes e frutas

Alguns camaleões comem regularmente matéria vegetal e outros o comem de vez em quando. Se seu animal de estimação gosta de comer plantas, tente oferecer couve, nabo ou alface. Certifique-se de cortar a comida em pedaços pequenos para um consumo fácil. Algumas espécies de camaleão aceitam que sua dieta contém certas frutas e vegetais. Tenha em mente que estes não fazem parte de sua dieta diária. Você pode, no entanto, dar-lhes algumas fatias de fruta ou vegetação ao longo do tempo.

Suplementos

Suplementos de répteis ajudam a garantir que seu animal de estimação receba todos os nutrientes de que precisa. Cálcio com vitamina D3 e suplementos multivitamínicos podem ser facilmente aplicados aos alimentos. Cálcio com suplemento de vitamina pode ser dado uma vez ou duas vezes por semana. Um multivitamínico pode ser dado a cada semana ou duas. Você não precisa colocar um monte de suplemento em pó na comida, uma leve camada de pó é bastante porque muito de uma coisa boa acaba sendo tão ruim quanto nenhuma.

Como podemos perceber, uma fonte adicional de cálcio e fósforo deve ser incluída em sua dieta. Isto é especialmente importante quando os camaleões-fêmea estão grávidas ou quando são muito jovens. Além disso, se o habitat do camaleão já foi equipado com iluminação UVB, que fornece vitamina D3, não é necessário complementar a dieta com cálcio, embora isso possa ser feito de tempos em tempos.

Água

Camaleões preferem beber gotas de água e não usam uma tigela de água para beber água. Um gotejador dentro do terrário é uma alternativa para o fornecimento de água. É um recipiente simples e acessível. Um gotejador goteja água lentamente nas folhas e outros itens onde seu camaleão pode beber.

Se você quiser dar água ao seu animal de estimação, um borrifador com água fresca funcionará. Você pode pulverizar água nas folhas e outros locais onde seu camaleão andar e encontrar as gotículas para beber.

Predadores do Camaleão

Os predadores naturais dos camaleões são cobras e aves de rapina como o falcão, gavião e águia. Além disso, predadores como cães e gatos introduzidos por humanos também pode caçar camaleões. O homem é o mais importante inimigo não natural do camaleão. Como resultado da destruição de habitats e da coleta de espécimes para o comércio de animais exóticos e, por isso, muitas espécies de camaleões estão criticamente ameaçadas de extinção.

Camaleões se movem muito lentamente. Para escapar de um predador, eles podem se camuflar mudando de cor. Alguns camaleões fazem ruídos quando são apanhados. Em caso de distúrbio, muitas espécies tornam-se mais escuras a quase negras e fazem barulhos altos de assobio com a boca. Assim como outros lagartos, espécimes grandes podem morder com firmeza se forem apanhadas. Quaisquer chifres ou espinhos não são usados para a defesa do animal. Em caso de grande ameaça, várias espécies caem e ficam paralisadas. Isso também é chamado de tanatose. Camaleões são sensíveis a vários parasitas. Isso pode ser vermes e ácaros ou patógenos unicelulares que ocorrem em outros vertebrados.

Considerações finais

Antes de começar a criar um camaleão em casa, consulte um veterinário de confiança especialista em répteis. Isso também pode bastante útil na hipótese de o lagarto acabar doente porque o dono precisa saber imediatamente aonde levá-lo.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on TumblrEmail this to someonePrint this page


Tópicos relacionados: