O Que Os Animais Onívoros Comem


O que os animais onívoros comem

Onívoro é um conceito que é usado em zoologia para se referir aos animais que comem diferentes tipos de componentes orgânicos.

Portanto, os seres onívoros diferem dos carnívoros, cujo alimento é desenvolvido com base na carne de outros animais e, dos herbívoros que comem principalmente plantas.

Pode-se dizer que onívoros são seres vivos que comem carnes e plantas porque conseguem digerir e obter energia e nutrientes através de diferentes fontes de alimentos.

Animais Onívoros

Um onívoro é um animal que tem a capacidade de comer e sobreviver de matéria vegetal e animal. Obtendo energia e nutrientes da matéria vegetal e animal, os onívoros digerem carboidratos, proteínas, gorduras e fibras e metabolizam os nutrientes e a energia das fontes absorvidas. Muitas vezes, eles têm a capacidade de incorporar fontes alimentares, como algas, ovos, fungos e bactérias em sua dieta.

Todo animal que se alimenta de animais e plantas é definido como onívoro.

Os onívoros vêm de diversas origens que, com frequência, evoluíram de maneira independente e com recursos de diferentes fontes de consumo. Por exemplo, os cães evoluíram a partir de organismos primariamente carnívoros, enquanto os porcos evoluíram principalmente de organismos herbívoros.

Alimentação de animais onívoros

Os animais onívoros são aqueles que alimentam-se de praticamente qualquer fonte de alimento que queiram comer, isto é, se tiverem a oportunidade de comer vegetais ou legumes, o farão, e da mesma maneira com a carne de um animal.

Um animal onívoro pode caçar a sua presa quando necessário e, dependendo do animal, pode caçar insetos, roedores, mamíferos ou aves. Além disso, ele também ira forragear ao arredor do local onde vive para tentar encontrar plantas, frutos, sementes, raízes, flores, folhas, ovos e sementes que ele pode consumir.

Um dos animais considerados onívoros por excelência são os suínos, também chamados de porcos, já que estes podem ser facilmente alimentados com carne, vegetais, frutas, vegetais e qualquer outra fonte de alimento.

Por exemplo, ao contrário do urso polar que come carne, os ursos não são carnívoros, mas onívoros, porque a maioria dos ursos comem peixe e carne, frutas e outros alimentos orgânicos que estão disponíveis na natureza.

Outro exemplo de animal onívoro é a tartaruga terrestre e aquática porque as duas espécies podem comer alimentos de todos os tipos, desde folhas, algas e outros, até crustáceos, moluscos e insetos.

Alguns répteis, como os iguanas, também são animais onívoros, embora alterem sua dieta nas fases de desenvolvimento da sua vida porque as jovens iguanas se alimentam principalmente de insetos, enquanto as mais velhas têm uma dieta quase exclusivamente herbívora.

Guaxinins e gambás são pequenos animais que podem comer ovos de outros animais, insetos, cobras e até pássaros, assim como plantas, frutas, raízes, entre outros recursos alimentares que conseguem encontrar em seu próprio habitat.

Muitas aves também são onívoras, pois podem se alimentar facilmente de pequenos insetos, moluscos, sementes, frutas e outros, como um exemplo, temos as galinhas, perdizes, tucanos, faisões, entre outros pássaros.

Outros animais que têm uma dieta onívora são ratos, alguns primatas, como chimpanzés e gorilas, peixes como bacalhau e peixe-palhaço, répteis, como alguns lagartos e insetos, como moscas e vespas.

Comportamento alimentar

As características físicas geralmente não são indicadores confiáveis de se um animal tem a capacidade de obter energia e nutrientes da matéria vegetal e animal. Devido à ampla gama de organismos existentes, evoluindo independentemente, e obtendo a capacidade de obter energia e nutrientes de materiais vegetais e animais, não é possível determinar as características anatômicas de todos os onívoros existentes no mundo.

Subcategorias de onívoros

A variedade de animais diferentes que são classificados como onívoros podem ser colocados em outras subcategorias, dependendo de seus comportamentos alimentares. Os frugívoros incluem lobos-guará e orangotangos, insetívoros incluem andorinhas e tatus, granívoros incluem grandes pintassilgos e camundongos, o nectarívoro como o beija-flor se alimenta do néctar das flores e ocasionalmente come alguns insetos.

Todos esses animais são onívoros, mas ainda assim possuem características especiais em termos de comportamento alimentar e alimentos preferidos. Ser onívoro dá a esses animais mais segurança alimentar em momentos de pouca comida disponível ou possibilita de viver em ambientes menos consistentes.

Definições

Tradicionalmente, a definição de onívoria era inteiramente comportamental simplesmente incluindo tanto o tecido animal quanto o vegetal na dieta. Em tempos mais recentes, com o advento de capacidades tecnológicas avançadas em campos como a gastroenterologia, os biólogos têm formulado uma variação padronizada de onívoro usada para rotular a capacidade real de uma espécie de obter energia e nutrientes de materiais. Isso acabou condicionando duas definições específicas de contexto:

  • Comportamental: Esta definição é usada para especificar se uma espécie ou indivíduo está consumindo ativamente materiais vegetais e animais. Por exemplo, os veganos não participam da mesma dieta baseada em onívoros.
  • Fisiológico: Esta definição é frequentemente usada para especificar espécies que têm a capacidade de obter energia e nutrientes da matéria vegetal e animal. Por exemplo, os seres humanos são onívoros devido à sua capacidade de obter energia e nutrientes de materiais vegetais e animais.

Exemplos de animais onívoros

Entre tantos animais onívoros, os seguintes podem ser mencionados em mamíferos: porcos, guaxinim, ouriços, ursos pandas, cães, alguns roedores. Dentro do mundo dos pássaros é o corvo, o pássaro pega, a avestruz, as galinhas. Além disso, alguns peixes como a carpa e peixe-palhaço. Outros invertebrados como a barata e formiga vermelha.

Características dos onívoros

Animais onívoros possuem características diferenciais em relação a outros, como:

  • Seu sistema digestivo digere carne e legumes.
  • Dentes molares afiados ou bicos resistentes para esmagar as plantas e frutas.
  • Incisivos curtos e caninos longos e curvos para rasgar a carne.
  • Músculos faciais reduzido.
  • Eles não têm enzimas digestivas.
  • Estômago ácido PH.
  • Unhas afiadas.

Considerações finais

Embora existam casos de herbívoros que comem carne e carnívoros que comem planta, a classificação onívoro refere-se às adaptações e principal fonte de alimento das espécies em geral, de modo que essas exceções não fazem nem animais nem a espécie como um todo onívora.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on TumblrEmail this to someonePrint this page


Tópicos relacionados: