O Que O Plâncton Come


O que o plâncton come.

O plâncton é uma coleção diversificada de organismos que vivem em grandes massas de água e são incapazes de nadar contra uma corrente.

O plâncton é considerado a base da cadeia alimentar de todos os ecossistemas aquáticos porque pode servir de alimento para muitos animais maiores.

Embora muitas espécies planctônicas sejam microscópicas em tamanho, o plâncton inclui organismos em uma ampla gama de tamanhos, incluindo grandes organismos como a água-viva.

Alimentação do Plâncton

O papel desempenhado pelo plâncton é muito importante para muitas espécies. O plâncton é o primeiro elo nas cadeias alimentares marinhas. O fitoplâncton é ingerido pelo zooplâncton e por uma infinidade de organismos marinhos.

Lembrem-se de que estamos falando de plânctons microscópicos, que geralmente se alimentam de outros microrganismos como eles mesmos, ou seja, o plâncton come plâncton, mas de outras espécies menores e tipos diferentes, é fortalecido e depois cumpre sua missão no ecossistema ao servir de comida para outros animais maiores. Este é um processo natural que existe há muito tempo.

O plâncton inclui organismos vegetais ( fitoplâncton ) e animais ( zooplâncton ) de vários tamanhos. Além de representar os níveis mais baixos de uma cadeia alimentar, os ecossistemas de plâncton têm um papel nos ciclos biogeoquímicos de muitos elementos químicos importantes, incluindo o ciclo de carbono do oceano.

Estima-se que cerca de 50% do oxigênio do mundo seja produzido pela fotossíntese do fitoplâncton.

O fitoplâncton absorve energia do Sol e nutrientes da água para produzir sua própria nutrição ou energia. No processo de fotossíntese, fitoplâncton libera oxigênio molecular na água como resíduo.

A importância do fitoplâncton e do zooplâncton também é bem reconhecida na piscicultura extensiva e semi-intensiva. As estratégias de manejo de tanques baseadas em população de plâncton para a criação de peixes têm sido praticadas por piscicultores tradicionais há décadas, ilustrando a importância do plâncton mesmo em ambientes criados pelo homem.

O ramo da biologia que lida com o estudo desses organismos, incluindo as inter-relações e interdependências com o ambiente físico, químico e biológico circundante, é chamado de planctologia.

Com base nas maneiras pelas quais o ciclo de vida pode ser realizado, é possível subdividir os organismos planctônicos em duas grandes categorias: o oloplâncton e o meroplâncton.

O plâncton está presente tanto em águas salgadas ( mares e oceanos ) quanto em ambientes de água doce, como lagos, pântanos e rios, com um curso muito lento.

 

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on TumblrEmail this to someonePrint this page


Tópicos relacionados: